Entram pela a porta dentro e trazem com eles os sonhos, os receios e os sorrisos tímidos, próprios das crianças. E é aqui, na Colónia Balnear da Cáritas Diocesana de Leiria, que muitas destas crianças têm a oportunidade de ir à praia, de brincar, enfim, de terem umas férias felizes, sem se preocuparem com aquilo que os preocupa ao longo do ano.

É aqui, nesta Casa, que todos os que entram voltam a ser crianças, onde os monitores ganham um papel de destaque ao serem barqueiros deste barco. Como uma monitora diz: – Ser barqueiro neste mar não é navegar à bolina, é mais, muito mais. É ser vela, em permanência – sentir o vento que nos bate na cara e inquieta, olhar o mar (e que lições que nos dá!), trabalhar incansável e apaixonadamente, e, talvez, ensinar a navegar, iluminar como fulgor fugaz.

Contudo desde 2015, com a campanha Apadrinhe umas Férias Felizes dezenas de anónimos e algumas empresas também quiseram assumir um papel de destaque na vida das muitas crianças e adolescentes, de famílias carenciadas, tendo suportado as inscrições das férias de dezenas de crianças e adolescentes. Em 2015 foram 93 as crianças e adolescentes apadrinhados e em 2016 foram mais de uma centena a terem direito a umas férias felizes.

Em 2017, com a campanha Apadrinhe umas férias felizes, foi possível, graças à generosidade de 36 pessoas anónimas proporcionar umas férias felizes a 66 crianças, num total de 2000€.

A Cáritas Diocesana de Leiria-Fátima agradece a todos que mais uma vez se associaram à campanha “Apadrinhe umas Férias Felizes” e ajudaram a proporcionar umas férias na praia a estas crianças que, de outra forma, não as teriam.

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *